|

 

Materia Jornal Parana (2002)
Tony Paixão

 Espírito Nativo e a Conexão com a Mãe Terra

A visão nativa americana sobre o mundo físico, morte e o mundo espiritual leva-nos a refletir sobre nossas próprias pegadas aqui na terra e o que realmente iremos deixar de heranças, às futuras gerações. A vida na Terra começou há bilhões de anos atrás, e tudo aquilo que observamos hoje como vivo é uma continuação daquela vida primordial que se multiplica e divide-se em novas expressões. 
A Mãe Terra está viva. Ela é a expressão da vida. Nós somos os seres que nascemos dela, somos parte dela. Nossos corpos são compostos dos mesmos minerais que compõem o corpo da Mãe Terra.

O nosso espírito é uma parte do espírito da Mãe Terra. Até mesmo as pedras estão vivas, da mesma forma que os ossos em nossos corpos estão vivos. Gaia é a teoria que considera e reconhece nosso planeta como ser vivo auto-regulado e em perfeita harmonia com todos os seres que a habitam. A vida se manifesta como energia. Nós sabemos que a energia não pode ser destruída, ela só muda de forma. Quando nossos corpos deixam de funcionar e começam a se decompor, a Mãe Terra reabsorve os minerais dos nossos corpos de forma que eles possam ser usados em outras formas de vida; como comida para bactérias, minhocas, insetos, animais, plantas, e assim sucessivamente. Deste modo a energia da vida de um corpo mudou para uma energia da vida de outros seres da Mãe Terra.

Tudo que o criador fez é uma parte da sua centelha divina. O espírito da Mãe Terra é a última conexão com todas as coisas terrestres. Nossa alma é uma parte da alma da Mãe Terra, da mesma forma que nossos corpos são uma parte do corpo dela. Quando morremos nossa essência espiritual e nossos corpos são reabsorvidos no corpo da Mãe Terra. Eles ficam lá durante um tempo e experimentam céu, inferno, ou o que existe verdadeiramente depois da morte. 

Depois um tempo estas almas podem ser reabsorvidas pela união de um novo espermatozoide e óvulo, podendo ser reconectar com um "novo" ser vivo. Da mesma maneira que nossos corpos são reciclados naturalmente nas vidas de muitas plantas, insetos, e animais, nossas almas podem muito bem se tornar uma parte de vários seres diferentes. Nossa consciência pode se tornar a consciência de muitos seres diferentes. Embora um ou mais destes espíritos possam renascer rapidamente, não há nenhuma razão para não acreditarmos que também possam não nascer, ou nascer após séculos. 

A nossa responsabilidade pessoal é viver em harmonia com “todas as nossas relações”, ou seja, tudo que nós nos relacionamos na vida. Para que nossas futuras gerações possam ver uma bela Mãe Terra, o que deixaremos para os nossos netos, essa responsabilidade é inteiramente nossa.


Tony Paixão – É um pesquisador do caminho nativo americano desde 1989, vem realizando encontros e cerimônias no Brasil, na Europa e no Oriente Médio.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Quem Somos

O INSTITUTO CAMINHO NATIVO pratica e apoia saberes e culturas nativas, práticas e terapias ancestrais e modernas que contemplam a essência humana.

Fale Conosco

  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  +55 (21) 97279-6802 whatsapp
 Rio de Janeiro RJ - Brasil

  

Assine nossa Newsletter

Espaço Reservado